Obras

A Persistência da Agonia, 2009Madeira, espuma, vinilVariável

Sendo o maior mamífero da Terra, vejo a baleia como uma metáfora para a humanidade. Seu corpo avassalador representa a soma de nossos corpos individuais; sua longevidade é responsável pela passagem do tempo. Muitas sociedades associaram as baleias à mente inconsciente, forças diabólicas ou divindades. Esta escultura reapropria o animal e infunde-lhe um novo significado; aquele que incorpora uma sensação duradoura de tragédia e desespero.

Meu objetivo com este trabalho é traduzir a natureza dramática da vida em uma experiência visceral.

<ANTERIOR | PRÓXIMO>

Exibição