Mão segurando um objeto de argila delicadamente acima de uma piscina de água, com anéis de água e folhas de outono flutuando sobre ele

Ativação de Hélio Oiticica Projetos Subterrâneos da Tropicália: PN15 1971/2022

Somos um único coração, uma única terra, uma única alma
com Bel Falleiros

14 de agosto | 12h – 2h
Oficina de Performance e Argila
Gratuito, Entrada

Dia de encerramento de Projetos Subterrâneos da Tropicália: PN15 1971/2022

Quando o mundo inteiro nos pede coletivamente para parar, é um convite. Ouvir, abrir espaço para o silêncio, lembrar o que estamos sentados no escuro, no vazio. Podemos segurar a noite em nossas mãos? Podemos segurar o buraco, o poço, de onde a vida começa e termina (e começa e termina, e começa...)? Podemos voltar para dentro e pulsar com esta vida, e lembrar que somos parte de sua totalidade? Podemos – individual e coletivamente – lembrar como? Só se começarmos a tentar.

“Somos um só coração, uma só terra, uma só alma'' é um remédio poderoso compartilhado por Davi Kopenawa, um xamã Yanomami* brasileiro que inspirou a prática de escuta de Falleiros nos últimos dois anos. Para a ativação da peça de Helio Oiticica no Sócrates, Falleiros vai expandir este convite de escuta ao público do Parque de Esculturas de Sócrates: juntos tocaremos o barro e abriremos espaço e tempo para estarmos um com o outro, para estarmos quietos, para sermos 'um só coração.'

*O povo Yanomami está atualmente na linha de frente no combate à mineração ilegal de ouro (entre outras violações), na Floresta Amazônica, atividade ilegal apoiada pelo atual 'governo' brasileiro. Há vinte anos, Davi Kopenawa Yanomami fundou a Associação Hutukara para conscientizar seu povo e a violência que enfrentam.

Você pode apoiá-los: https://bit.ly/supporthutukarayanomami e confira suas lutas em: https://www.facebook.com/yanomamihutukara